COLABORAÇÃO PAROQUIAL        

 
    Também nós, Irmãs Filhas da Igreja, estamos na paróquia, a grande família que acolhe todas as famílias de um bairro ou de uma cidade.
    A especificidade do nosso carisma faz com que nos coloquemos em sintonia estrita com as orientações e iniciativas propostas pelos planos pastorais diocesanos e paroquiais, ajudando no trabalho e na responsabilidade do pároco e seus colaboradores.
    Uma comunidade que quer crescer e encontrar o seu Senhor é, para nós um desafio no testemunho de uma vida alegremente doada pelo Reino e um campo de evangelização muito vasto.
    O nosso dinamismo e a nossa sensibilidade eclesial concretiza-se:
 
 
* numa vida dedicada à oração e à adoração de Jesus Eucaristia;
 
*  na celebração e animação da liturgia para que o Ano litúrgico, a celebração eucarística e a Liturgia das Horas sejam vividos como encontro com Deus, um encontro que acontece hoje e para nós;
 
 
 
 
 
* na participação ativa dos organismos paroquiais: conselho pastoral, comissão litúrgica e catequética, cáritas, etc.;
 
 
 
 
 
 
 
*  no serviço da caridade e na sensibilidade de agentes que possam responder às situações de dificuldades, sofrimento, solidão, doença e pobreza presentes no território;
 
* na proposta de caminhos de fé, personalizados ou de grupo;
 
 
 
 
 
 
* na formação e educação à fé dos jovens presentes em grupos ou associações, acompanhando-os em percursos de crescimento e amadurecimento pessoal;
 
*  no serviço à Palavra de Deus através da catequese às crianças, aos jovens e aos adultos, itinerários de Lectio divina, centros de escuta da Palavra;
 
 
 
 
* no testemunho de uma comunidade dedicada à oração, à escuta da Palavra e caracterizada por uma intensa vida fraterna.
 
 
 
 
 
 
 
    Queremos realizar dessa forma o desejo que a nossa Fundadora, Maria Oliva Bonaldo, assim exprimia com a linguagem do seu tempo: “Se não amasse os homens não falaria, mas os amo com dolorosa paixão e me consumo pelo desejo de colocá-los do lado da verdade que me faz tão feliz. A verdade é esta: Deus é amor! Se o mundo soubesse o quanto é amado, morreria de felicidade!”.
 


Enkel - Due Metri